Ex-aliado de ACM Neto, Rodrigo Maia acusa ex-prefeito de entregar DEM-RJ a Malafaia

Cidade Notícias

Compartilhe este post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (sem partido), acusa o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, de “entregar” o comando do partido no estado do Rio de Janeiro nas mãos do bolsonarismo. Ex-aliado de Neto, Maia ironiza o fato do ex-prefeito negar aliança com o presidente Jair Bolsonaro, mas ter “entregado o partido nas mãos de Silas Malafaia”. O pastor é um dos defensores e figuras ligadas ao presidente Bolsonaro.

Segundo Maia, o comando do DEM no RJ passou para o deputado Sostenes, que segundo ele, “só faz o que Malafaia fala”. “Entregar o partido ao principal aliado do presidente não é sinalização de distanciamento, mas sim de apoio”, disse Maia em entrevista ao Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 91,2, nesta segunda-feira (9). O deputado federal ainda citou uma publicação do jornal O Globo em que ACM Neto diz não descartar apoiar Bolsonaro. 

Maia também ponderou que são muitas as figuras do DEM ligadas ao Bolsonarismo, e que isso fica claro ao observar os estados. Como exemplo ele citou o estado de Goiás.

Nos bastidores, a informação que circula é de que essa eventual aproximação entre Bolsonaro e ACM Neto intermediada por Malafaia foi uma acusação alimentada por Rodrigo Maia.